As mudanças tecnológicas aceleraram nosso modo de nos comunicar e nos expor neste mundão globalizado. Com os passar dos anos, as empresas acabaram por priorizar a contratação de pessoas de modo burocrático, enfatizando apenas a definição de cargos e perfis desejados.

Os desafios são grandes, assim como as grandes oportunidades de bons jobs escondidas atrás de um anúncio difícil de ler, também são. A burocracia que algumas empresas exigem antes de contratar um profissional é algo desgastante e desalentador, para aquele que busca uma opção rápida e eficaz de ter um bom emprego.

Antigamente, para ganhar dinheiro, alguns se inscreviam para participar do programa do Silvio Santos – o famoso “Quem quer dinheiro? ”, e esperavam para serem chamados para participar do programa e pegar os “aviõezinhos”, as notas de réis, que o apresentador lançava ao alto. Ou tentavam a sorte entregando currículos aos ventos.

Pois é, quem de nós nunca deixou, ou conhece alguém que tenha deixado, o currículo numa lanchonete, em recepções de dentistas, e até tenha pedido recomendações de outras pessoas para cuidar de bebês ou realizar outros trabalhos a fim de ganhar um trocado no fim do mês? Todos esses tipos de trabalho tinham como principal característica o curto período que ficaria estabelecido ali, ou seja, trabalharia por algumas semanas ou meses, casos raros permaneciam por mais tempo.

E, sempre me lembro do conselho de uma vizinha que estudava numa faculdade em São Paulo e fazia bicos para poder pagar seus estudos. Ela sempre me dizia que era fundamental fazer um curso de datilografia, computação ou algum curso técnico de contabilidade, pois era garantia de conseguir um emprego mais rapidamente. Além disso, essa era a forma de valorizar o currículo, o que, com mais sorte, faria o emprego chegar até você.

Pois é, os tempos são outros e estar bem preparado vai além. Não basta somente ter um curso técnico ou superior, e sim uma boa visibilidade no mercado de trabalho, atitude proativa e conexão com o mundo de fora.

E a única pessoa capaz de mudar esses cenários é você, não é? Você já parou pra pensar em como conectar-se com o mundo de lá (corporativo), fazendo-se visível? O inverso também acontece, como o mundo de lá (corporativo) pode encontrar bons profissionais do lado de cá (você)?

O lado de lá

Uma tentativa de entender como funciona o lado de lá é ver alguns exemplos de sites e aplicativos de “buscas”, como o das agências de viagens Booking.com, Trivago ou Skyscanner. Esses sites são especialistas em encontrar clientes potenciais. Estão atentos aos gostos, seguem os passos dos possíveis clientes que, com um simples click em uma pesquisa de um ponto turístico no Google, permitem que suas preferências e possíveis destinos fiquem armazenados e registrados no banco de dados dessas empresas.

Geniais, não são?

Esses exemplos nos mostram em como o lado corporativo está conectado com o gosto e preferência e, ainda, segue os passos de seus clientes, nos mínimos detalhes, não é mesmo?

O lado de cá

Agora, vamos pensar no lado de cá, em você, que pretende ser encontrado pelas empresas. É necessário criar um modelo assertivo em sua comunicação e apresentar-se disponível no vasto mercado de trabalho. Já que o mercado profissional atual oferece a mão para aqueles que têm vontade de apertá-la, lembre-se disso!

Pois bem, o fato de o nosso país ter passado por momentos de tensão política não significa que as ofertas de uma boa recolocação foram extintas. Muitas empresas oferecem opções de trabalhos temporários, bem remunerados e condições ajustáveis, porém é necessário saber em qual opção você se encaixa e isso leva tempo e dedicação. Muitas vezes “trocar de pele” é necessário, repensar preconceitos e ter uma visão panorâmica do terreno onde se pisa é indispensável.

A crise permitiu nos mover para terrenos desconhecidos e pouco explorados, mas com grandes possibilidades de redescobertas. Ficar de braços cruzados e “procurando o pote de ouro no final do arco-íris” é perda de tempo. Tempo esse que deve ser bem investido e muito bem direcionado. Nunca se esqueça de que tempo mal investido é dinheiro perdido! Então, bora correr atrás do prejuízo e atentar-se às novas oportunidades?

Que tal começar a colecionar atitudes assertivas e ajudar o lado de lá a encontrá-lo?

– Pois bem, comecemos pela boa aparência.

Lembre-se: o menos é mais! Um profissional deve apresentar-se de forma atrativa, sem exageros. Cuidar de como o outro o verá fará toda a diferença.

– Outro ponto importante é desenvolver-se bem, ter um bom diálogo e mostrar-se disposto e atento aos detalhes de cada desafio, treine com seu espelho em casa ou com algum amigo, simule uma entrevista para preparar-se bem.

– Saiba que não existe perfil perfeito, mas existe um ajustável a cada situação. A postura diante do mundo é importante, e nosso corpo muitas vezes fala por nós, então ter confiança em si mesmo, peito aberto, olho no olho, voz confiante e palavras certeiras já são indícios de um próspero começo.

– E um último quesito, também importante, é a disponibilidade, já que as empresas buscam pessoas que tenham maior flexibilidade em horários alternativos e gente com o comprometimento de assumir a responsabilidade do trabalho do começo ao fim. Tais trabalhos rendem boa remuneração e visibilidade no mundo corporativo. Essa visibilidade será o fio condutor pra você se conectar com trabalhos futuros. Pode acreditar!

O Live Marketing e o Izy Job!

O Live Marketing entra como uma peça chave para auxiliar tanto às empresas quanto aos que estão em busca de um emprego temporário. Lembre-se que o Live Marketing são as ações promocionais que as empresas oferecem aos clientes, cara a cara, em tempo real. Portanto, são oportunidades para aqueles que queiram atuar como promotores(as), degustadores(as), recepcionistas, montadores, repositores, dentre outros profissionais.

Além do mais, não podemos esquecer que a rede de contatos do Live Marketing pode ser encontrada no Izy Job, com muitas oportunidades, tanto para o lado de cá quanto para o lado de lá. Basta só baixar o aplicativo Izy Job para IOS e Android e se cadastrar para receber as oportunidades de trabalhos temporários e iniciar novos ciclos contínuos de começar, terminar e começar outro trabalho.

E aí, topa conhecer essa nova ferramenta tecnológica a seu favor? É fácil! É Izy Job!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui